Porque é primavera...

04:34:00Rio de Leitura


                Quantos poetas já foram inspirados durante a Primavera...
           Já falaram, em seus versos, sobre as flores, nas suas mais variadas cores, nas suas mais ricas nuances. Os intensos e diversos perfumes florais já estiveram presentes em versos de todos os tempos. A reinstalação da alegria e do colorido, depois de uma era cinzenta e fria, já foi narrada na expressão dos sentimentos poéticos de muitos, que acalorados por raios de sol, tornam a vida mais aprazível.
               A Escola Municipal Rubens Lemos, no Parque Industrial de Parnamirim, também foi contagiada pela estação. A instituição promoveu o Sarau “Primavera Literária” e envolveu professores, alunos e convidados com as cores da temporada. A cada poema lido, uma rosa vermelha entregue aos convidados presentes.
            Além do coral que cantou uma justa homenagem à cidade através da música “Serenata dos Amores” do poeta potiguar Otoniel Menezes, o causo “Sopa de Pedra” de Pedro Malazarte e a participação maciça dos professores com poesias a partir do tema primaveril, um dos pontos altos do Sarau foi a dramatização da poesia de Olavo Bilac “Pássaro Cativo”, que emocionou a todos. Parabéns a todos que fazem a Escola Municipal Rubens Lemos pela bela iniciativa!
“Há uma primavera em cada vida: é preciso cantá-la assim florida,
pois se Deus nos deu voz, foi para cantar!
 E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada que seja a minha noite uma alvorada,
que me saiba perder... para me encontrar...”
Florbela Espanca

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato