1º Foleitura congrega escolas do Polo 4 das Escolas Leitoras de Parnamirim

02:59:00Rio de Leitura

          Foi o folclore a primeira forma de leitura que os homens, de todas as épocas e lugares, usaram para representar, na cultura, seu contato com outras comunidades e com a natureza: como o próprio Câmara Cascudo definiu é a “ciência do povo”.

          Exatamente no dia em que se celebra o Dia do Folclore – 22 de agosto – escolas do polo 4, coordenado pela articuladora Jarlene Carvalho, promoveram o 1º Foleitura, um dia especial em que o multifacetado escritor potiguar Câmara Cascudo teve sua obra lida e reverenciada.  Outros autores também estiveram ‘presentes': Elias José, através do poema "Saci Pererê"; Maria José Nóbrega, com a parlenda da obra "Salada, Saladinha"; Lenice Gomes, com a obra "Duelo Danado de Dandão e Dedé", dentre tantas outros.

          As escolas Luzanira Maria, Maria Saraiva, Augusto Nunes, Maria do Céu, Manoel de Paiva, Nestor Lima, Antonio Basílio, e Limírio Cardoso deram um espetáculo, com crianças leitoras.  Para completar a festa, os alunos Felipe Natanael  e Hedlyla Dafny lançaram e autografaram seus cordeis: "Sonho de Garoto" e "Um mundo sem maldade", sob a coordenação do professor e também cordelista Hailton Mangabeira.

          Enfim... Vivas para a nossa tradição!  Vivas para o folclore brasileiro!
                   

          

A recepção

Leitura da obra de Câmara Cascudo

Francisco Martins presente no evento

Secretária de Educação recebe cordel autografado escrito pelas crianças


         

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato