Escola Municipal Francisca Bezerra promove sarau “Todas as Cores da Poesia”

02:04:00Rio de Leitura

           O Brasil é colorido.  Nossa riqueza, em explosão de manifestações culturais, inunda cada quinhão do território, chegando, é claro, em Parnamirim.

          O sarau “Todas as Cores da Poesia”, planejado pelas mediadoras de leitura Josely Ferreira e Ana Cristina Dalila, foi construído a partir da obra “Dez Casas e um Poste que Pedro Fez”, do autor Hermes Bernardi Junior.  O protagonista Pedro mora em um poema e, a cada leitura, surge uma nova cor, com canções acompanhadas por cada menino e menina.  As professoras uniram a primeira experiência poética da criança dentro da escola - que são as cantigas populares - com os textos do livro e garantiram a festa para pais e seus filhos do Bairro de Liberdade. Os alunos do Fundamental ll, do turno vespertino, completaram o multicolorido com a leitura de obras “Menina Bonita do Laço de Fita”, de Ana Maria Machado; “Bom dia Todas as Cores”, de Ruth Rocha, dentre outras.

Mediadora de leitura Josely Ferreira baila com sua aluna leitora

Participação dos adolescentes com a cooperação da mediadora Ana Cristina

O projeto cumpre seu propósito

          Diz algumas evidências da ciência que as cores que adentram pelos olhos, pode afetar diretamente o centro das emoções. Certamente.  Quem esteve no dia 22 de dezembro na Escola Municipal Francisca Bezerra comprovou.  Saímos leves, esperançosos na escola pública.  Mesmo sabendo que é super clichê o significado das cores, pergunto: que cor teria mesmo a felicidade, a infância, a literatura?

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato