Fórum de Leitura; Lei 12.244/10

IDE promove Fórum da Rede Potiguar de Escolas Leitoras

13:37:00Rio de Leitura

          Um dos objetivos do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE) – parceiro do Projeto “Parnamirim, um rio que flui para o mar da leitura” é acompanhar o desenvolvimento da legislação vigente, defendendo sua correta aplicação. Assessorar e participar da formulação e da execução dessas e de outras políticas públicas.         

          Pois bem.  No dia 16 de abril, aconteceu o Fórum Potiguar de Escolas Leitoras, o primeiro do ano de 2015.

          O dia a acontecer o fórum não é escolhido à toa, trata-se de uma homenagem a Monteiro Lobato, o maior nome da Literatura Infantil Brasileira, que aniversaria no dia 18 de abril, Dia Nacional do Livro Infantil.  O local também não é selecionado sem propósitos, na “Casa do Povo”: a Assembleia Legislativa é o Poder responsável pela elaboração das Leis Estaduais.  


Isaac Roberto, da Escola Municipal Luzanira Maria, de Parnamirim, fez a leitura pública do trecho da obra de Lobato      “O Poço do Visconde”.
          
         O primeiro painel, chamado “Planos e práticas para implementar a Lei Federal 12.244/10 nas escolas”, foram convidados ao debate a Profª.Claudia Santa Rosa, que falou sobre a necessidade de pensarmos a biblioteca como um espaço de docência: a vereadora Bezerra Guerreiro, presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Livro e da Leitura da Câmara Municipal de Natal; o deputado Fernando Mineiro, representante da Assembleia Legislativa do RN; a professora Erileide Maria Oliveira Rocha, representante da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura; a Secretária de Educação do Município de Natal, a Profª Justina Iva e Vandilma Maria de Oliveira, Secretária de Educação e Cultura de Parnamirim. 
A primeira mesa, coordenado pela Profª Claudia Santa Rosa
          Na fala de Vandilma, a Profª relembrou que erigir uma biblioteca não se restringe à construção do equipamento e compra dos acervos, mas implica, ainda, na demanda de profissionais qualificados para o funcionamento adequado destas, permitindo assim a construção de uma cultura leitora consistente.  E nisso muito temos avançado.


Profª Vandilma compartilha as memórias de infância da escritora Fanny Abramovich junto aos livros
          A segunda mesa contou com a presença da querida professora escritora Clotilde Tavares, no bate-papo “Livros, leitura e prazer”, ocasião em que também fez o lançamento do livro “O Monstro das Sete Bocas”.

O público presente
 

          A lei completou cinco anos de legitimação e se confunde, em Parnamirim, com a parceria efetivada com o IDE, em 2010, apesar da luta política ter uma trajetória muito mais ampla e densa, pois já se sabia que há altos preços sociais pagos por causa desse baixo desempenho do povo ao não conviver com o livro.  Se o Brasil tem avançado em políticas públicas em relação a nobre causa, Parnamirim coleciona grandes vitórias na área do livro, da leitura, da literatura e das bibliotecas escolares.

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato