Cortez; EJA; bate papo com escrtor; Parnamirim

A palavra de quem publica um livro para outros lerem

09:16:00Rio de Leitura

           Falamos, enquanto projeto sobre leitura, sobre esse comportamento saudável
que se apresenta na sociedade atual como uma necessidade para a formação de uma nação leitora, como uma possível saída para qualquer menino que possa, plenamente, exercer sua cidadania.  Falamos de leitura como uma condição prévia para a aquisição dos outros direitos sociais.  Leitura que pode fazer um sujeito alcançar a tão sonhada ascensão. 

          E, quando falamos em leitura, podemos lembrar de José Xavier Cortez, um dos tantos que experimentou o sucesso na cadeia produtiva do livro com uma editora que acumula atualmente mais de mil títulos no Brasil e no exterior.

Aluno da EJA recebe livro de presente

O tempo especial para autografar as obras

          Falamos com quem, profissionalmente, lida com o livro no último dia 10 de julho.  Algumas horas devotadas a alunos da Educação de Jovens e Adultos.  Uma noite para os alunos das Escolas Jacira Medeiros, Francisca Fernandes, Augusto Nunes e Augusto Severo conhecerem a trajetória do editor, ter seus livros autografados, fazer perguntas e concluir a noite na cadência de movimentos nordestinos com Cortez dançando com uma a mediadora de leitura Josely Ferreira. Enfim... falas mil.... aprendizados incontáveis. 
Concluimos a noite com o poema coreografado "Fulô de Janeiro" 



Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato