Chá de Letras; Rio de Leitura; IDEB e promoção da leitura

Chá de Letras agrega pessoas em torno do ato de ler

16:04:00Rio de Leitura

          Dizem que tomar chá com alguém, é uma investida à três.  E, quando há escritores envolvidos, em uma instituição escolar, é uma experiência múltipla, com muita gente boa envolvida.  

          A Escola Municipal Homero Dantas promoveu a sua 7ª edição do Chá de Letras, com o tema "Andanças Nordestinas", e trouxe textos de Ariano Suassuna, Francisco Martins, André Neves, Câmara Cascudo, entre outros.  Um evento que aglutinou pessoas em torno do livro, da leitura, da literatura e da biblioteca.


Ex-aluno da escola, Kaliadson Silva, lê "Paisagem de Interior", de Jessier Quirino
Trecho da obra "O Auto da Compadecida", de Ariano Suassuna
           O cardápio literário oferecido foi adoçado com gotas da mais pura cultura nordestina, colheres bem cheias de fantasia em xícaras transbordantes de humor e religiosidade.  Uma delícia só, a ser degustada à sombra de um juazeiro!        

          Apesar de, normalmente, ouvimos pessoas comentando que não apreciam a bebida mais consumida depois da água, pais, alunos e professores da comunidade, mostraram apreciar o chá: o literário, através dos livros, e o real, com os escritores José de Castro e Francisco Martins, após o evento.  

          Com resultados comprovados em índices de qualidades, a escola tem sido muito bem sucedida nesse propósito. Uma escola que não é leitora está destinada ao fracasso. O Homero Dantas só coleciona vitórias ao juntar pessoas em torno do Chá de Letras.


Mediação de leitura da obra de Leandro Gomes "Juvenal e o Dragão"
Apresentação dos personagens de André Neves

Homenagem ao cordelista Francisco Martins com o seu cordel "O Primeiro Natal"
Performance do escritor José de Castro no 7º Chá de Letras é aplaudida




Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato