pintura artística nas paredes da escola Poesia na escola

Além do visível: Poesia no Olhar

11:13:00Rio de Leitura

          Há alguns que possuem uma percepção incomum, estes sabem pressentir a poesia que pode haver em uma parede descascada, por exemplo.  Alguns sabem orientar o equilíbrio de cores em uma pintura e há, ainda, aqueles que choram ao ler um texto.  O nome deste sentimento?  Seria um instinto desenvolvido, uma sensibilidade extra, uma bênção?  Não importa o nome.  

          Profª Ana Catarina Silva Fernandes: este é o nome da professora que, com uma habilidade extra, tem extraído da real instituição pública, uma fatia de beleza que poucos se dão conta.  Catarina, com seu projeto “A Poesia do Olhar”, tem levado meninos e meninas a desenvolver esse olhar criativo, poético e transformável das paredes de uma escola.  Segundo ela mesma: “É uma escolha de catar feijão. De separar para degustar com o olhar o que a mente já pensou. A poesia do olhar aconteceu ( acontece ) assim, todos dias, partindo do desenho de formas variadas: folhas, flores, árvores, casas... E a elas são acrescentadas tons de amarelos, vermelhos, azuis e toda sorte de variedade de cores que é possível visualizar. Sim visualizar. Perceber o que distingue um amarelo claro de um amarelo escuro. Perde-se nas linhas que se encontram em cada desenho. Relacionar um poema lido com um desenho proposto. Ou Simplesmente ter um olhar contemplativo”.

          A professora, que tem uma exposição permanente com obras dos alunos das escolas Eliah Maia do Rego e CAIC, em Parnamirim, hoje, dia 8 de maio de 2016, nos orientou para um “Olhar Poético” nas paredes da biblioteca pública de Parnamirim e se comprometeu em levar sua arte para a Biblioteca Escolar do Osmundo Faria, biblioteca que foi queimada em dezembro de 2015.  



          Catarina é uma daquelas profissionais que nos ajuda a olhar, poeticamente, de forma mais demorada e contemplativa, para ir além do reto, para olhar sinuosamente.  Afinal de contas, a arte não nos deixa ver. Ela nos faz sentir. 

          Catarina, nossas crianças - sensíveis à arte que encanta - agradecem!


 


           

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato