Seminário discute a relação de Literatura e Afetividade em Parnamirim/RN

11:15:00Rio de Leitura

Quem nunca chorou que fique de pé!
Levante a mão quem nunca sentiu dor!
Revele-se aquele que nunca passou uma noite acordada!
E quem nunca sentiu saudade?

          Os questionamentos levantados pela escritora Salizete Freire no Seminário "Literatura em Foco", evento que reuniu professores especialistas de Língua Portuguesa, coordenadores pedagógicos e mediadores de leitura, apontaram para o que estes atores e todos os demais tem em comum: a humanidade.  "Somos bem iguaizinhos", disse, emocionada, a professora e membro e fundadora do Comitê PROLER/RN no encontro que aconteceu nos dias 30 e 31 de maio de 2017, no Teatro Municipal de Parnamirim.

          Salizete Freire é daquelas escritoras que trazem a poesia proseada em papel de arroz: coisa finíssima para todo e qualquer olhar sensível!  Converte um simples dia de semana em data para jubilar-se: o trivial é convertido, na sua pena ou na sua fala, em algo maravilhoso!  Grata a Paulinas Editora pela possibilidade deste encontro!






          A ideia era colocar em discussão a promoção da leitura literária por todos os atores da escola. O foco era o livro e, em cheque, obras de Andersen, Ítalo Calvino, Tzvetan Todorov, Bartolomeu Campos de Queirós, e, sobretudo, da escritora potiguar Salizete Freire, mais do que presente no encontro, acompanhada da percepção filosófica do assessor da Paulinas Editora, Alberto Gondim; tudo isso regado com as apresentações culturais de Caio Padilha e José Acaci.




                 Na mesa intitulada "Literatura e Afetividade" com professores de Língua Portuguesa, estavam a Professora Gilvânia Machado, que apresentou sua dissertação final do mestrado, desenvolvida na Escola Maria Saraiva, no entrelaçamento da obra de Manuel Bandeira e Zila Mamede; o professor Edilberto Cleuton, que partilhou texto denso e poético sobre o tema (em breve disponível nesse sítio); a professora Angélica Vitalino, que versou sobre os contos de fadas; e a professora Janine Pedrosa Galvão, que discorreu com o auditório suas experiências de ter uma família leitora, com uma biblioteca à sua disposição:  todos posicionados ao lado do leitor e na defesa da sua formação.





           Também durante o simpósio, o Projeto "Parnamirim, um rio que flui para o mar da leitura" foi homenageado pelos 7 anos de atuação na cidade.  Conquistamos espaços, realizamos sonhos, superamos agruras, cultivamos vínculos que ficarão e marcamos lugares. E seguimos fluindo... Gratos às professoras Vera Vitaliano, Ana Catarina e Valéria Vaz pela organização do evento e à Secretaria de Educação e Cultura de Parnamirim pela homenagem!





Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato