"Literatura também se põe à mesa da Educação Infantil"

17:39:00Rio de Leitura

“A formação das bibliotecas infantis corresponde a uma necessidade do nosso tempo.” 

          A assertiva, proclamada por Cecília Meireles há quase quarenta anos, em 1979, ainda está em voga: escolas e centros infantis em nosso país ainda sofrem nessa reclamação. 

          E foi lutando contra algumas estatísticas, que o Projeto Rio de leitura atendeu ao convite da Coordenadora da Educação Infantil Graça Santos, para uma formação para a equipe de coordenadores e mediadores que atendem nesta modalidade, neste último dia 5 de julho de 2017, com o título "Educação também se põe à mesa da Educação Infantil". 
       
          Sob uma mesa posta, lembramos a Professora Marly Amarilha quando disse que “a atividade lúdica que a literatura oferece desenvolve na criança uma atitude positiva para com a aprendizagem, pois o lúdico é estimulante, apaixonante, envolvente, mobilizador e o texto literário, seja narrativo ou poético, é uma proposta de jogo. E tem mais, prazer também se ensina. ” Em outro momento, algumas dezenas de docentes ouviram a explanação da Professora Simone Leite Peixoto, Mestre em Literatura que atua como mediadora de leitura, sobre as características do texto literário em uma oficina que envolveu o grupo no Centro Administrativo, em Parnamirim/RN. Ainda passeamos pelo histórico do projeto, pela importância da literatura, dentre outros assuntos, tudo isso servido com muitos textos literários.



         Sim, as bibliotecas que atendem à primeira infância continua sendo uma necessidade do nosso tempo.  Que lutemos por estes equipamentos culturais em todas as nossas escolas, o que demandará um esforço coletivo, que incluirá a direção das escolas, a coordenação, os professores e até o envolvimento dos pais.!

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato