Escola Brigadeiro Eduardo Gomes recebe o escritor Carlos Fialho

03:55:00Rio de Leitura

          Como uma esponja insaciável, o adolescente urge por interação com tudo e todos. Se não for alimentado na sua curiosidade, essa gana por novidades poderá, com o tempo, distanciar-se do caminho que leva à leitura, o hábito prosaico e deleitoso de ler, quer seja um simples gibi, quer seja Camões. 

          Pode ser um escritor de crônicas potiguar, editor e publicitário como Carlos Fialho, um comunicador com uma habilidade sem igual para dialogar com o público teen.  E a Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, por sua vez, aperfeiçoa estratégias como esta: aproximar o jovem leitor de bons escritores no seu fazer.  

          Antes do encontro, ocorrido no último dia 30 de agosto, na Praça Literária Terezinha Martins, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a vida e a obra de Fialho em um trabalho articulado entre a mediadora de leitura Lúcia Silva e a professora de Língua Portuguesa, Cleide Almeida. 




          Como bem dito por Carlos Fialho:  "As crônicas são maneiras de enlaçar aquele leitor adormecido que só está precisando ser acordado para se tornar um devorador de livros contumaz".  Ele, que tão bem bebeu no cronista Luís Fernando Veríssimo, hoje mata a sede de adolescentes de Nova Parnamirim e de tantos outros bairros de Parnamirim.

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato