Poesia aproximando gerações: Rio de Leitura participa do Dia da Pessoa Idosa

13:58:00Rio de Leitura

          Crianças e idosos: gerações distintas, mas com tantos poemas para compartilhar.  O dia 18 de outubro de 2018 ratificou, com a experiência da celebração do Dia Internacional da Pessoa Idosa essa máxima.

          Aos mais experientes, crianças da Escola Municipal Luzanira, todas caracterizadas como a Boneca Falante Emília e coordenadas pela mediadora de leitura Ângela Silva e pela gestora Maria Gorete, trouxeram o rejuvenescer das novas histórias. E, aos ainda no início da vida, os idosos garantem histórias cheias de lições. O livro era o vínculo que aproximava.  




          A troca de saberes foi marcada por livros de Sérgio Caparelli, Maria José Nóbrega, Glácia Marillac e tantos outros, tendo o Parque Aluísio Alves como o espaço de convivência, com o espaço especialmente organizado pela mediadora de leitura Celi Menezes. A assessora do projeto Rio de Leitura, Aracy Gomes, brindou aos presente a leitura da obra recheada de sons, acontecimentos do passado, cheiros e cores do escritor potiguar Manoel Cavalcante, "A Casa de Minha Avó".  A classe médica que apoiou o evento também não foi esquecida mas a leitura individual, em duplas ou para grupos comunicava a importância de quem teve o privilégio de tanto viver.




         Nos longevos e nos infantes da 'Trupe da Emília', era perceptível a vivacidade e a alegria de ler e ouvir histórias lidas nos livros.  Vida longa a literatura na cidade de Parnamirim!




Ao final da programação, dona Maria Galdino, de 84 anos, solicitou a esta professora - que raramente escreve aqui neste sítio eletrônico em primeira pessoa, que pudesse levar para casa o cordel coletivo da Escola Irene Soares "Tributo a Luiz Gonzaga". 
Aí, sim, temos a certeza que estamos cumprindo nosso papel na 
formação de leitores brasileiros, de toda e qualquer idade. 

Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato