André Neves Auta de Sousa

Edmo Pinheiro realizada Cajuada Literária com André Neves e Auta de Souza

08:59:00Rio de Leitura

          Ainda bem que André Neves e Auta de Souza estavam lá a assistir a Cajuada Literária na Escola Municipal Edmo Pinheiro.  Eles apreciaram, como quem se desmaia ante a uma flor de cajueiro, apresentações dignas de grandes casas de espetáculo de meninos e meninas que moram no bairro de Cajupiranga.

          Pais da comunidade e convidados tantos, no pasmo essencial que tem um leitor diante do entrelaçamento de textos dos dois escritores - como se dão com as raízes de um cajueiro - um trabalho incrível das professoras que habitam a Biblioteca Escolar André Neves.




          De todos os ângulos, os olhares dos dois escritores nordestinos se alongavam pra ver a performance dos personagens em multicor de André Neves a ler o "Horto": livro de poesias escrito pela poetisa Auta e publicado pela primeira vez no ano de 1900.  Uma manhã bem maior que nossos olhos podem ver à sombra de um pé de caju: dia 30 de novembro de 2018, pra nunca mais esquecer

          Os escritores apreciavam a riqueza dos detalhes na decoração da escola que tinha o amarelo do caju por todo canto, e, mais do que isso, na apropriação que as crianças do 1º ao 5º ano tiveram durante as leituras públicas de textos dos escritores.  Ele, no lombo traz simpatia, chapéu, cultura, doce e flor.  Ela carrega aurora e mar, vestida em saia bordada em cor de caju amadurecido.  Os professores todos guarneciam de esperança pra cada um dos seus.  Dá pra dizer em alta voz: Feliz 2019!








P.S.: Edmo Pinheiro é escola que tem sumo de uma árvore que se sustenta, graças a professoras como Laíse Nóbrega, a quem este Projeto faz menção e se despede por ora do alto do galho mais alto de um cajueiro.  Da 'Rota do Sol', terra do maior cajueiro do mundo, sentiremos saudades!




Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato