Todos os Sonhos do mundo: Biblioteca Escolar Angélica Vitalino celebra em Amanhecer Literário

08:12:00Rio de Leitura

          Se um dia, olhando para o céu, você avistar uma nuvem que mais se parece com um jacaré, não se preocupe: é que a nuvem está recheada de sonhos. E não é só ela, não.

          Assim é a sinopse da obra "Sonhos", do artista múltiplo Ivan Zigg.  E sonhos podem estar em qualquer parte: no varal, em gaiolas, nos barquinhos e também nas bibliotecas escolares.

          Em todos os meus devaneios, nunca pensei em ser honrada como patrona de uma biblioteca, vila onde a ternura e os livro se confundem.  Ser patronesse de um lugar assim tão especial é participar de um espaço que é sustentado por afetos sem fim.  Um anjo passou na minha frente e me deu este presente, embrulhado em aquarelas, há alguns anos.

          No dia 27 de novembro de 2018, a Escola Municipal Maria Saraiva homenageou esta professora que vos escreve até o tamanho e as possibilidades de nossos encantamentos no evento "Amanhecer Literário".  

          Uma manhã bem especial em que os problemas comuns a uma escola pública ficaram desmaiados ante a tantas cortesias da escola: a canção "Jesu, Joy of Man's Desiring" foi entoada pela musicista Tamy Cirilo intercalada com poemas de Adélia Prado entre presentes e um vídeo biográfico que narrou um pedacinho de minha vida.  Aproveitei para falar sobre missão, vocação para as crianças dos últimos anos do Fundamental l.  Acho que chorei um rio misturada em tanta timidez e honra. Esta professora que escreve agradece a toda a comunidade escolar por tão significativa ação que acontece sob a sombra de uma árvore. Para agradecer, li Ivan Zigg e levei um livro para cada um: presente do Itaú Criança.






          Sigo sonhando: sonho que nenhuma criança mais sofra frio nem fome.  Que nas escolas, elas sejam alfabetizadas com poesia e boas palavras.  Que continuem nascendo leitores afeitos ao prazer nas mãos de bons mestres, sempre em prontidão para conhecerem outros mundos e outros sonhos.  Que todos os meninos e meninas sejam alimentados em sua fantasia, e que, por fim, tenham seus sonhos alinhados ao seu Criador.


"Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, 
estávamos como os que sonham." Salmos 126:1

P.S.: Bom... os textos publicados aqui, nesse blog, tem sido escritos sempre em 3ª pessoa.  Como reza a cartilha dos sítios eletrônicos: com uma certa impessoalidade. Mas, neste, em especial, em que a emoção toma conta, reside exceção. Poderia, também, ter escrito em 1ª pessoa do plural.  Afinal, como narradora deste blog, sou apenas um membro de um grupo que atua como uma unidade, com um desafio comum: fazer de Parnamirim um rio que flui para o mar da leitura!



Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato