Fazer leitores: tarefa de todos!

08:27:00Rio de Leitura

          Se o CRAS, Centro de Referência de Assistência Social, é a porta de entrada da Assistência Social, localizado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social, então é lá que o projeto Rio de Leitura também deve estar. Se o CRAS promove ações comunitárias, fortalecendo a convivência com a família e com a comunidade, então é lá que o projeto Rio de Leitura também deve estar. 

          E lá esteve. Dia 12 de fevereiro de 2019, para uma formação com os educadores que lá estavam, a convite da Secretária Municipal de Assistência Social, Elienai Cartaxo, e através de Thiago Fernandes, coordenador da instituição, passeamos nas obras de Bartolomeu Campos de Queirós, Lygia Bojunga e tantos outros gigantes da literatura. 

           Em algumas horas, relembramos, quais são os direitos humanos, aqueles ligados a alimentação, moradia, vestuário, instrução, saúde, bem como o direito à crença, à opinião, ao lazer. Utilíssimo para estes profissionais que devem fortalecer os vínculos e as interações sociais, construir diálogos e reflexões, proporcionar momentos de diversão e de troca de conhecimentos, E, neste mesmo gancho, nos unimos a Antônio Cândido e indagamos: e por que não o direito à arte literária também?  Um tempo precioso porque fazer leitores está para além de uma única secretaria.  Avancemos todos juntos!








Você também pode gostar de

0 comentários

Postagens mais visitadas

Imagens Flickr

Formulário de contato